https://centroespiritavirtual.org
top of page

Relatos de um desdobramento

Atualizado: 17 de nov. de 2021

O espiritismo e outras doutrinas nos ensinam a possibilidade real da saída do espírito do corpo material durante o sono e em alguns casos quando há um trauma que causa o que denominou-se desdobramento[2].


Temos ainda a informação precisa nos seguintes termos:


[...] é ao mesmo tempo fluídico, sensorial e psíquico (bilocação), deslocando a personalidade consciente do sensitivo para o corpo fluídico, que então percebe, à distância, o seu próprio corpo somático inanimado e sem vida, [...] (22, cap. 14).[3]


[...] O mecanismo de desdobramento [durante o sono] é simples: o perispírito eleva-se horizontalmente sobre o corpo físico, flutua mansamente na direção da cabeça para os pés. Um fio prateado continua ligando o perispírito ao corpo físico, qualquer que seja a distância percorrida por aquele. [...] (148, cap. 8).[4]


Após trazer as referências acima onde fica claro como ocorre o desdobramento espiritual ou viagem astral como se referiu Waldo Vieira, passo a relatar reminiscências do ocorrido.


Madrugada do dia nove sexta feira para o dia dez, sábado. Embora com rompimento parcial do tendão do ombro direito, consigo dormir normalmente, o pulsar da dor é suportável sem tomar qualquer medicamento. Então, passo a lembrar que em determinado momento vejo-me diante de alguns irmãos os quais alguns reconheço brevemente, mas, não consigo descrever neste ato de que época. Eles me convidam para adentrar em um espaço amplo, enorme, maior que um ou dois campos de futebol onde havia uma separação tripartite. Fiquei curioso e sem expressar por intermédio da voz, pensei, onde e que lugar é esse e qual a razão de eu estar aqui. Neste momento doce irmão me mostra, veja, aqui devem ser levados os espíritos de nossos irmãos evangélicos, prosseguindo, aqui os irmãos católicos e neste aqui os espíritas, por essa razão a separação. O local era de uma imensidão descomunal, nunca tinha visto ou imaginado algo semelhante. Uma coisa me chamou a atenção, o silêncio, não se ouvia nenhuma voz ou expressão quer seja de conversas ou soluços, choro etc. Uma paz extraordinária.


Estava perplexo, não sentia os pés ou caminhar, era como levitar, uma sensação de liberdade. Em determinado momento identifico no meio do salão dois espíritos familiares, minha filha e minha mulher, trocamos olhares e conversamos, telepaticamente. Minha filha me pergunta, papai, você vem para junto de nós? Despertou-me a atenção, pois, embora não houvesse barreiras visíveis percebi que não era o momento, ou seja, a separação ocorria por sintonia vibracional. Compreendi que estava no mundo espiritual, portanto, não bastaria querer estar com ou onde, seria definido o lugar de cada um. Então compreendi a mensagem de Jesus : “quem é minha mãe, quem são meus irmãos”, estava claro a situação. Respondi para minha filha que em breve estaríamos juntos e que agora cada um deveria confiar e seguir o planejamento espiritual para cada espírito e que o amor nos manteria juntos, mesmo em outras dimensões ou orbes, devíamos agradecer.


Em seguida, um irmão se aproximou de mim pediu que eu me deslocasse para o lado esquerdo daquele enorme “auditório”, percebi que não estava com todos os lugares preenchidos como os demais, havia mesmo bastantes lugares vazios. Meu pensamento se fez curioso, mas, apenas segui o fluxo mental do irmão que indicou o meu lugar para onde me desloquei.


Sentado passei a observar onde estava, havia como se fosse um palco onde alguns irmãos orientados por um maravilhoso espírito que irradiava uma luz doce a amável confortando a todos. Estavam atentos em uma tela virtual, se assim posso denominar, onde todos tinham suas fichas com as características individuais, virtudes, qualidades morais, DNA espiritual bem como a trajetória evolutiva e as possibilidades de efetivamente superarem as provas que seriam designadas para cada um.


Minha curiosidade estava ativa, queria saber qual a razão de ter sido designado para o lado onde havia muitos espaços vazios e mais alguns espíritos que não me lembrava quem eram ou se já havíamos nos encontrado em outras reencarnações, o que certamente a resposta seria sim, sabemos que a espiritualidade superior não perde tempo.


Mais uma vez me surpreendia pelo espaço em que todas as divisões estavam concentradas e principalmente pela harmonia, silêncio e amor que juntamente com o cheiro de flores no ambiente, luzes sutilíssimas resplandeciam diante de mim e dos demais.


Minha mente inquieta pulsava querendo entender qual a razão de eu estar ali, a separação de minha filha e mulher o local designado. De repente, um dos espíritos que estava no alto do que seria o palco de um teatro se dirige a mim e pede para que eu tranquilizasse meu espírito pois já iriam começar os trabalhos. O que me chamou a atenção foi que a telepatia ocorria exclusivamente para mim, era direcionada. Achei interessante o processo e comecei a entender como os espíritos se comunicam inclusive pela psicografia etc. Acalmei meu espírito e fiquei aguardando o desenrolar do evento.


Uma vez em prece sincera de agradecimento à Deus e a nossos irmãos espirituais, percebi a vibração se modificava e comecei a ouvir aquele irmão que dirigia a mesa fluídica dos trabalhos passou a emanar o seguinte pensamento que irradiava para três partições daquele espaço ele assim emitia seu pensamento: “queridos irmãos, sejam muito bem vindos, reunidos em nome de Jesus pedimos a sua misericórdia, seu amor e amparo para transmitir a vocês os desígnios que serão atribuídos a cada um e aos grupos que se formaram de acordo com a capacidade de atender ao planejado por nossos superiores. Peço a todos que se concentrem na prece que faremos agora e em especial para aqueles irmãos que estão à esquerda que terão por missão retornar para reencarnação de mundos que estão no início de uma nova etapa evolucionista. Eles serão responsáveis por desenvolver ações fraternas de forma a promover as condições necessárias a elevação das vibrações de alguns orbes que pela Misericórdia Divina serão elevados para mundos de expiações. Estaremos sempre ao lado deles, mas precisamos do amor de todos os demais para criarmos a egrégora de sustentação espiritual para eles e aos que estarão em evolução.”


Acordei na madrugada do dia dez de julho de dois mil e vinte um, emocionalmente feliz pela oportunidade e agradecido à Deus, a Jesus e a todos os irmãos que me abonaram a indicação. Em seguida tomei ciência de todo o projeto que foi impresso em meu perispírito, os nomes de nossos mentores que estariam coordenando, as provas, as derrotas e as vitórias. Agora aguardar, não me foi revelado quando, mas não importa, estarei pronto para servir a Jesus em todos os desígnios por Ele estabelecido.

Que assim seja. Bhte, 10 de julho de 2021.


Notas: [1] Silva, Ricardo Venâncio Oliveira. [2] Em termos espíritas, o desdobramento é uma faculdade anímica onde o Espírito encarnado desliga-se parcialmente do seu corpo físico. Este processo pode ocorrer com ou sem um transe. [3] O Espiritismo de A a Z/Coordenação de Geraldo Campetti Sobrinho, - 4ª.ed. – 5.imp. – Brasília: FEB, 2015, p. 183. [4] Idem.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page